Aromaterapia

O termo “Aromaterapia” é aplicado a um ramo da Fitoterapia. “Aroma” significa cheiro agradável e “terapia”, tratamento que visa à cura de mental ou física. É uma prática terapêutica que se utiliza das propriedades dos óleos essenciais 100% puros para restabelecer o equilíbrio e a harmonia pessoal. A Aromaterapia inicia-se no momento da escolha dos óleos essenciais que serão utilizados.

Podemos dizer que é um auxiliar aos tratamentos alopáticos ou homeopáticos, individualizado que visa o bem-estar completo do indivíduo e suas necessidades pessoais. Para cada pessoa é necessário realizar uma avaliação, física e psicológica antes de definir qual caminho seguir.

Os óleos escolhidos devem beneficiar não somente o físico que muitas vezes apenas está respondendo a problemas psicológicos ou emocionais.Todos esses benefícios podem ser recebidos através de massagens, águas  de banho, inalação, etc.

Quando falamos em inalação precisamos pensar que as propriedades desses óleos chegarão diretamente ao nosso sistema nervoso central o qual irá processar as informações e enviar sinais para todas as partes do corpo o quais irão executar as informações recebidas. Por exemplo, em um processo infeccioso, utilizamos a inalação de óleo de limão e tea tree, o cérebro receberá a informação para ativar a resposta imune do corpo ativando as células de defesa (glóbulos brancos principalmente) as quais se encaminharão para o local da infecção combatendo a mesma e restaurando a saúde do corpo.

Já quando utilizamos os óleos aplicados sobre a pele, os mesmos serão absorvidos através da derme e atuarão no local desejado. Aqui vale ressaltar a importância de sempre utilizar um carreador como os óleos vegetais que tem composição compatível com a derme facilitando a absorção dos mesmos.

O profissional que trabalha com a arte da aromaterapia deve ser sensível para saber identificar quais as reais necessidades dos clientes visando o bem do indivíduo por completo.

A aromaterapia se distingue de todas as técnicas da medicina herbácea por quatro características:

– Utiliza apenas produtos de origem vegetal;

– Utiliza apenas um tipo específico de plantas, as que produzem óleos voláteis ou essenciais;

– Utiliza apenas a essência da planta, não a planta inteira, extraída de alguma forma;

– Não usa princípios ativos isolados (cada componente de uma essência), mesmo que sejam extraídos de suas fontes naturais;

Fonte: Aromaterapia, uso terapêutico das essências vegetais – Encida Duarte Gaspar

Cromoterapia

Prática terapêutica que utiliza as cores do espectro solar – vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, anil e violeta – para restaurar o equilíbrio físico e energético do corpo.

As sete cores são aplicadas na região do corpo que apresenta alguma disfunção. O número de cores usadas durante uma sessão de cromoterapia depende da necessidade da pessoa que vai receber a aplicação. Pode ser uma cor, mas geralmente são duas ou três durante uma sessão. A aplicação poderá ser feita de maneira preventiva, energizando o órgão com a cor relacionada a ele. Ao aplicar a cor condizente na respectiva região do corpo ou sobre o Chackra correspondente, poderá prevenir alguns eventuais distúrbios, evitando a manifestação de certas doenças.

Outra aplicação da cromoterapia é remediativa, ou seja, quando já existe algum distúrbio físico ou emocional. Neste caso, serão aplicadas as cores que possuem propriedades terapêuticas específicas para a queixa apresentada. Não há necessidade de aplicar a cor correspondente ao órgão; a menos que além de tratar o mal que o aflige, com a cor indicada, exista a necessidade de fortalecer vibracionalmente o órgão afetado.

Os métodos de utilização das cores consistem na aplicação de luzes coloridas, na ingestão de água solarizada e na projeção mental das cores.

 

Fonte: Cromoterapia: o segredo das cores – Valcapelli

Medicina Tradicional Chinesa

A Medicina Chinesa fundamenta-se numa estrutura teórica sistemática e abrangente, de natureza filosófica. Tendo como base o reconhecimento das leis fundamentais que governam o funcionamento do organismo humano e sua interação com o ambiente segundo os ciclos da natureza, procura aplicar esta abordagem tanto ao tratamento das doenças quanto à manutenção da saúde, por meio de diversos métodos.

Baseada em conceitos taoistas e energéticos, os quais enfocam o indivíduo como um todo e como parte integrante do Universo, para a MTC o indivíduo é constituído por um conjunto de energias, provenientes do Céu e da Terra, que fluem por todo o corpoe que devem estar em constante equilíbrio; quando isso não ocorre, temos então a manifestação das patologias.

Seus princípios e fundamentos são:

– Qi ou Chi (ou Energia Vital) – o estudo do Yin-Yang.

– A Teoria dos Cinco Elementos (ou Movimentos) – sistema de circulação de energia pelos meridianos de energia do corpo humano (com os conhecidos pontos de acupuntura, pontos esses de entrada e saída de energia ao longo dos meridianos).

 

       São 8 os principais métodos de tratamento na Medicina Tradicional Chinesa;

  1. Fitoterapia Chinesa (fármacos).
  2. Acupuntura (aplicação de agulhas ao longo dos meridianos de energia, em pontos definidos).
  3. Tui Ná (massagem e osteopatia chinesa).
  4. Dietoterapia (terapia alimentar chinesa).
  5. Auriculoterapia (tratamento com estímulos de pontos na orelha).
  6. Moxabustão (utiliza bastões da erva artemísia ou de carvão, próximo aos pontos de acupuntura; o calor emitido estimula os pontos).
  7. Ventosaterapia (sucção como forma terapêutica).
  8. Práticas Físicas (exercícios integrados de respiração e circulação de energia, e meditação como: Chi Kung, Tai Chi Chuan e outras artes).

Fonte: Guia Prático de Medicina Chinesa – Dra. Ana Clélia Mattos

Barra de Access ®

Barras de Access é uma modalidade de toque suave que foi criada por Gary Douglas no início dos anos 90. Consiste em 16 barras de energia que passam por sua cabeça. Essas barras se conectam em “pontos de barras” específicos e se correlacionam com diferentes áreas e aspectos da vida. Durante uma sessão de Barras de Access, um praticante toca suavemente esses pontos para liberar a carga eletromagnética de todos os pensamentos, ideias, atitudes, decisões e crenças que podem ter limitado você em determinadas áreas da vida.

Atualmente, Barras de Access é praticada em mais de 170 países em todo o mundo, usada como uma ferramenta potente e pragmática por famílias, escolas, empresas, prisões, atletas, psicólogos, artistas e muitos mais.

Como funciona?

Imagine se alguém pudesse apertar um botão e silenciar aquela voz em sua mente que lhe diz que você não é bom o suficiente ou que não consegue realizar o que sonha? Quaisquer limitações que você cria em sua vida estão ligadas a seus pensamentos, ideias, atitudes, decisões e crenças sobre isso. Toque levemente os pontos de barras e você começa a limpar o que está bloqueado para evitar que acredite que você pode ter a vida que sempre soube que é possível.

Um dos componentes de mudança de vida que acontece naturalmente com cada sessão de Barras de Access é o receber. Com que frequência simplesmente nos soltamos, baixamos nossas barreiras e permitimos que outra pessoa nos presenteie verdadeiramente? Aprender a receber é a chave para convidar mais do que você está pedindo para sua vida. Barras de Access facilita receber, diferente de qualquer outra modalidade nesta realidade.

Como é uma sessão?

Todo mundo é diferente, então não há uma sessão de Barras de Access “normal”. Cada sessão será diferente, sempre que você repetir com a mesma pessoa. O que é mais frequentemente relatado é que existe uma sensação de relaxamento completo. Muitas pessoas dormem, mesmo em ambientes muito barulhentos. Algumas pessoas têm imagens que chegam até elas, outras sentem sensações em seus corpos, como zumbido, formigamento, calor, contrações, arrepios ou tremores.

Não existe um caminho certo ou errado e a melhor maneira de descobrir como Barras de Access funciona para você é experimentar por si mesmo!

Fonte: access consciousness

×